por Marcelo N. Farias

marcelonfarias@yahoo.com.br / @marcelonfarias

Ainda na temperatura quente da bomba que caiu entre os times do Distrito Federal, sobretudo sob o Paracatu FC com a divulgação da tabela da Copa Verde 2018 sem a presença do time do entorno do DF, temos mais um capítulo dessa novela.

Buscando informações sobre os demais participantes da Copa Verde verifiquei que o terceiro colocado do campeonato estadual de Mato Grosso do Sul está presente na Copa Verde 2018, enquanto o Paracatu FC (terceiro colocado no Campeonato Brasiliense) está ausente e, no mínimo curioso, é que a distribuição de vagas no Mato G. do Sul é a mesma do Distrito Federal, e tudo está previsto em regulamento.

Vejam abaixo trecho do Regulamento do campeonato sul-mato-grossense, artigo 10:

regulamento_MS

Confiram agora a classificação final da competição, reparem no primeiro, segundo e terceiro colocados:

classificacao_MS

E agora vejam que os representantes de Mato Grosso do Sul são o primeiro (Corumbaense) e o terceiro colocado (Operário-MS), ou seja, o segundo colocado (Novoperário) está ausente e irá disputar apenas a Copa do Brasil.

times

E tem mais amigo torcedor, o Mato Grosso do Sul inicialmente teria apenas uma vaga à Copa Verde, mas como a competição exigiu que os campeões participassem, o Corumbaense entrou nesta segunda vaga. Entretanto, o time de Corumbá jogará a fase preliminar justamente contra o Ceilândia, e o terceiro colocado (Operário) já está classificado para a segunda fase, assim como o Brasiliense.

Ou seja, o Paracatu FC deveria estar classificado para a segunda fase da Copa Verde e o Brasiliense é quem deveria jogar a fase preliminar. Porém, até o momento o Paracatu está apenas no Candangão 2018.

Até o fechamento desta coluna a Federação Brasiliense e tampouco a CBF emitiram qualquer comunicado oficial sobre os critérios adotados para definição dos participantes da Copa Verde.

Comentarios

Comentarios

Compartilhar