O que parecia ser o roteiro de um pesadelo ao tomar um gol aos 2 minutos do primeiro tempo se transformou em uma grande noite para o Cruzeiro, que venceu a equipe do Internacional pelo placar de 4×2 no Independência, nova casa do Cruzeiro enquanto o Mineirão está cedido para as olimpíadas.

O Jogo

O jogo começou movimentado, com o Internacional abrindo o placar logo aos 2 minutos de jogo com Seijas após boa jogada de contra ataque de Valdivia, o que parecia ser mais uma parte de um filme de terror vivido pelo time celeste em 2016 se tornou motivação para o Cruzeiro que empatou a partida aos 13 minutos com Rafael Sobis após bom cruzamento de Arrascaeta, e o meia queria mais, aos 16 minutos o mesmo Arrascaeta cruzou para Abila que pegou de primeira um chute cruzado que bateu na trave antes de morrer nas redes, era a virada do Cruzeiro. A partir daí a equipe celeste mandou no jogo, tanto que aos 40 minutos Rafael Sobis puxou contra ataque mandou para Ábila que tirou o zagueiro e chutou no travessão, o rebote sobrou para Robinho que cruzou para o mesmo Sobis marcar o seu segundo gol na partida, 3×1 e intervalo de jogo.

O segundo tempo começou com o Internacional tentando abafar o time da casa que se defendia e tentava os contra ataques, e em um desses o cruzeiro faz o seu quarto gol, após lançamento de Arrascaeta, Sobis em noite de gala manda chute cruzado no cantinho sem chances para o goleiro Marcelo Lomba. O time do gaúcho partiu para cima e conseguiu ainda o segundo gol após cobrança de penalti do meia Alex aos 27 min do segundo tempo, daí para frente jogo morno até os acréscimos quando Fabio fez duas defesas milagrosas na pequena área para segurar o placar.

Com o resultado, o Cruzeiro respira no campeonato ao chegar a 18 pontos, 2 atrás do primeiro time fora do Z4, e o Internacional chega à sua decima partida sem vitória e vê o Z4 se aproximar.CpD3T97WAAEKF_t

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 4 X 2 INTERNACIONAL

Data e Hora: 04/08/16, às 21h
Local: Estádio do Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Raphael Claus (SP/FIFA)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Rogério Pablos Zanardos (SP)
Cartões Amarelos: Fábio (CRU); Alex (INT)
Cartões Vermelhos: Não houve.
Público e Renda: Não divulgados.
Gols: Seijas, 2’/1ºT (0-1); Rafael Sóbis, 13’/1ºT (1-1); Ábila, 16’/1ºT (2-1); Rafael Sóbis, 40’/2ºT (3-1); Rafael Sóbis, 7’/2ºT (4-1); Alex, 27’/2ºT (4-2);

CRUZEIRO: Fábio; Lucas, Bruno Rodrigo, Manoel e Edimar; Ariel Cabral, Bruno Ramires, Robinho (Rafinha, 35’/2ºT) e Arrascaeta; Ábila (Marcos Vinícius, 40’/2ºT) e Rafael Sóbis (Douglas Coutinho, 29’/2ºT). TEC: Mano Menezes.

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Paulo Cezar; Alan Costa, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Seijas (Ariel, 35’/2ºT) e Anderson (Marquinhos, intervalo); Valdívia (Alex, 13’/2ºT) e Nico López. TEC: Paulo Roberto Falcão.

 

 

Comentarios

Comentarios

Compartilhar