Créditos: Daniela Lameira / Site STJD

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva decidiu, na manhã desta quarta-feira (01) extinguiu o processo solicitado pelo Brasiliense relativo a vaga do time na Copa Verde 2018.

O recurso do Brasiliense não foi julgado, pois o Tribunal entendeu que ele entrou com a ação errada. Deveria ter esgotado todos os meios administrativos no Tribunal de Brasília para depois recorrer ao STJD e não ir direto ao STJD como fizeram.

Entenda: Em síntese, o Brasiliense entrou com uma Medida Inominada contra o regulamento do Campeonato Brasiliense 2017, que destaca no parágrafo 6º que “ao término do Candangão 2017 estará assegurado à equipe campeã, uma vaga para a série D do Campeonato Brasileiro de 2018, e uma vaga na Copa do Brasil de 2018; e à equipe vice-campeã, a segunda vaga para a série D do Campeonato Brasileiro de 2018, e a segunda vaga na Copa do Brasil de 2018 e em caso de realização da Copa Verde as vagas da Federação do DF, serão destinadas as equipes terceira e quartas colocadas no Campeonato 2017 e assim sucessivamente”.

Assim, o processo foi extinto e, com isso, Paracatu e Sobradinho estão confirmados como representantes do DF na competição do ano que vem.

A Federação de Futebol do DF vai aguardar a notificação do STJD para tomar as providências cabíveis.

Comentarios

Comentarios

Compartilhar