BELO HORIZONTE / BRASIL - 04.09.2015 - Mano Menezes, novo técnico do Cruzeiro, é apresentado pelo Pres. do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, na Toca da Raposa ll em BH. © Pedro Vilela/Light Press/Cruzeiro

Escolher entre Fred, Robinho, Lucas Pratto, Luan, Maicosuel, Otero e Clayton. A missão de Marcelo Oliveira para definir quem jogará no ataque do Atlético diante do Santa Cruz, neste sábado, às 21h, no Independência, promete ser bastante complicada. Enquanto a concorrência aumenta, Robinho leva na brincadeira o papel do treinador neste momento.

“Não é fácil ser treinador, mas ele ganha bem para isso. Inclusive ele me deve um churrasco”, comentou, aos risos, o camisa 7 do Galo, em referência à aposta que fez com Marcelo Oliveira sobre marcar um gol de cabeça. Foi dessa forma que Robinho anotou seu primeiro tento na vitória sobre o Coritiba, por 2 a 1.

Na rodada passada, em triunfo sobre o Palmeiras, Marcelo escalou Maicosuel, Robinho e Fred, num esquema que contou com trio de volantes formado por Leandro Donizete, Rafael Carioca e Lucas Cândido. Para o jogo contra o Santa Cruz, o treinador não deu pistas se manterá essa formação ou se voltará a adotar um quarteto ofensivo.

Com mais jogadores disputando vagas no time, Robinho confia em que o Galo terá sempre uma forte escalação. “Todo treinador quer essa dor de cabeça. Fica uma briga sadia entre nós jogadores, todos podem ser titulares. O torcedor tem de ficar tranquilo, porque o Galo será bem representado”, disse.

No que depender de seu desempenho nos últimos jogos, o camisa 7 deverá ter lugar cativo no ataque atleticano. Depois de marcar os dois gols do Galo na vitória sobre o Coritiba, ele foi responsável pela assistência para Leandro Donizete balançar as redes no triunfo sobre o Palmeiras, por 1 a 0.

Cada vez mais decisivo, Robinho ressalta que seu crescimento acompanhou o do restante do time. O Atlético venceu seis dos últimos oito jogos do Campeonato Brasileiro. “O professor Marcelo me coloca na posição que mais gosto, pelo lado esquerdo. Se tiver de voltar para marcar, não tem problema. Meu rendimento melhorou quando o time melhorou. Espero que possa continuar aparecendo, sendo decisivo e ajudando o Galo no campeonato todo”, observou.

Comentarios

Comentarios

Compartilhar